O filtro do tato (por que nerds/geeks tem problemas de relacionamento com outras pessoas)

Bom, eu sou um exemplo vivo, pelo menos eu acho que sim, de que nerds, geeks ou como preferirem ser chamados, tem problemas no trato com outras pessoas.

Sempre acham que eu sou direto demais, ou que sou grosso, ou qualquer coisa do gênero.

Na verdade, eu concordo que sou direto demais, não com a parte de ser grosso.

Eu acredito que se eu penso alguma coisa, eu posso dizer aquilo, e azar é de quem estiver ouvindo, mas isto ja me trouxe muitos problemas.

Mesmo, pelo menos na minha opinião, eu sendo um dos melhores na parte técnica do que eu faço, eu acabo sempre me prejudicando por falar o que eu penso e outras pessoas não gostarem de ouvir isto, o que prejudica inclusive o crescimento profissional …

Eu ja tentei ser gerente de projetos, e tenho a consciência de que pelo menos por enquanto não seria um bom gerente …

Em empresas que eu trabalhei, ja houveram casos em que mesmo sabendo que eu tinha a resposta, colegas de trabalho evitavam perguntar alguma coisa para mim.

Bom, eu ja melhorei muito neste ponto, acho que hoje sou razoavelmente conhecido na “comunidade java” aqui no Brasil, e cheguei a ouvir de um gerente: Bahh, legal, não sabia que tu era “O Urubatan”.
Mas melhorei isto com muito custo, e não foi muito fácil …

Mas voltando ao assunto deste post, eu encontrei um texto excelente que explica muito bem, na minha opinião, por que a maioria dos Nerds tem problemas no relacionamento com outras pessoas “Não Nerd”.
O texto original é este: Tact Filters

A baixo segue uma tradução livre deste excelente texto.

Filtros de tato

Todas as pessoas possuem um “filtro de tato”, que aplica um filtro de “trato social” em uma direção há tudo que passa por ele. A maioria das “pessoas normais” tem este filtro posicionado para filtrar tudo o que elas falam ou fazem. Então toda e qualquer coisa que as “pessoas normais” dizem, tem a quantidade ideal de “filtro para trato social” aplicado, antes de elas realmente falarem. Isto normalmte acontece por que quando eles estavam crescendo, os seus pais continuamente diziam para eles coisas como: “Se você não pode dizer algo de bom, não diga nada!”, ou então “Não diga este tipo de coisa, vai fazer com que eles se sintam mal!

“Nerds”, por outro lado, tem este filtro, aplicado na posição contrária, ou seja, tudo o que eles ouvem é filtrado. Então, qualquer coisa que qualquer um diz para eles, tem a quantidade adequada de “filtro social” aplicado quando eles ouvem. Isto normalmente é por que quando eles estavam crescendo, as outras crianças ficavam incomodando e dizendo coisas desagradáveis, e os seus pais diziam o tempo todo: “Eles estão dizendo estas coisas só por que eles estão com ciúmes”.

Quando “pessoas normais” conversam entre si, elas normalmente aplicam a quantidade apropriada de “tato social” para tudo o que eles dizem, e ninguém sai com os sentimentos feridos. Quando “Nerds” conversam entre si, eles normalmente aplicam a quantidade adequada de “tato social” a tudo o que eles ouvem, e ninguém sai com os sentimentos feridos. Entretanto, quando pessoas normais, falam com “Nerds”, os “Nerds” ficam frustrados com freqüência, por que as “pessoas normais” parecem estar sempre evitando de dizer o que eles realmente querem. E pior ainda, quando “Nerds” falam com “pessoas normais”, estas com freqüência saem com os sentimentos feridos, por que os nerds não aplicam o filtro ao que eles estão falando, esperando que o ouvinte o faça.

Então, os “nerds” precisam entender que as “pessoas normais”, precisam aplicar este filtro para tudo o que eles dizem, eles ficam desconfortáveis se eles não puderem fazer isto. “Pessoas normais” precisam entender que fora o fato de os nerds normalmente não possuirem “tato”, as coisas que eles dizem quase nunca devem ser tomadas como pessoais. Ambos os tipos de pessoas precisam ter uma quantidade extra de paciência quando estiverem lidando com alguém que possua o “filtro de tato” na direção oposta a sua.

——————-

Acho que este texto explica mais ou menos bem, os motivos destes “conflitos” entre os “nerds” e as outras pessoas.

É possível para um nerd amenizar bastante este problema, acho que na maior parte das situações eu ja melhorei muito, mas eu continuo achando irritante quando as pessoas ficam cuidando o que vão falar, ou até mesmo falando claramente algo diferente do que estão pensando apenas para não “ferir os sentimentos” de quem esta ouvindo.

As vezes eu até encaro isto como um pouco de hipocrisia.

Mas quem sou eu para querer mudar o mundo …

Então, o que vocês acham deste texto, não é mais ou menos isto o que acontece? mesmo os motivos originais mudando bastante de uma pessoa para outra …

Eu acho que entender esta “teoria” tem me ajudado bastante, e um exercício de paciência de vez em quando ajuda muito também 😀

O texto original é de autoria de: Jeff Bigler.
Todos os outros comentários e tradução são de minha autoria 😀